Quadros Ponto Cruz

Uma coisa que sempre quis ter em minha casa eram quadros. Mas como não sei pintar, uso as habilidades disponíveis no momento: ponto cruz.

Bordei 3 motivos espirituosos:

bob

Pra quem não conhece, esse é o Bob Ross, um pintor cativante cujo programa The Joy of Painting está disponível no youtube: https://www.youtube.com/user/BobRossInc

A frase é um de seus vários bordões: “Nós não cometemos erros, mas sim felizes acidentes”. Assim é na arte: com um pouco de improviso e criatividade, um erro podem se transformar num belo acerto.

Olha ele de pertinho. Quem criou esse motivo merece um beijo!

bob2

O segundo quadro é uma frase que encontrei na internet e me identifiquei bastante. Em tradução livre: “Uma casa limpa é sinal de uma vida desperdiçada.”

clena-house

Naturalmente, refiro-me a excessos, ok?

Fiz também um emoji homenageando a Beyoncé, em seu clipe icônico, Hold Up:

beuonce

Diva!

beyonce2

As molduras foram feitas com papel cartão e o fundo com papel paraná. Tudo colado com cola branca e ensinado aqui:

Vou confessar que não é fácil não. Há defeitos nas quinas, mas mal se vê de longe. Logo, logo irei fixá-las na parede com fita dupla face e volto pra mostrar!

Cortina sem Varão

Arranjei um jeito facinho de colocar uma cortina sem ter o trabalho de furar a parede para instalar o varão. Recorri mais uma vez ao velcro, aviamento que tem se mostrado super útil nas minhas costuras.

Comprei um linho baratinho e dois rolinhos de tricoline. Com o linho, fiz uma cortina dupla e com a tricoline, um bandô.

janela

Cores neutras, uma estampa delicada e algumas pregas para dar um charme:

bando

No avesso do bandô, costurei duas tiras de velcro fêmea. Na parede, usei cola quente para fixar o velcro macho. Foi o suficiente para sustentar o peso da cortina:

velcro

Como não é possível movimentá-la para os lados, busquei uma alternativa bem simples para poder abrir e fechar a cortina: com o retalho que sobrou do bandô, fiz duas tirinhas para prendê-la.

detalhe-tira

Velcro de um lado e do outro, e pronto, cortina presa para deixar o vento passar:

detalhe-tira2

Pra quem gostou da idéia do velcro substituindo o varão, vai uma dica: costure sempre a fêmea no tecido e fixe o macho na parede. Do contrário, a probabilidade da parte àspera do macho grudar no próprio tecido e danificá-lo durante a lavagem é muito grande. Pode criar bolinhas, esgarçar um tecido mais fino como voal, etc.

Tela Mosquiteira

No finalzinho do inverno fui amadurecendo a ideia de colocar telas mosquiteiras nas minhas janelas. Calor chega com insetos e janelas fechadas nas noites de verão são uma tortura.

Pesquisei telas para janelas de correr, que são instaladas dentro da própria esquadria, mas desisti por causa do preço. No Mercado Livre dá pra encontrar também as versões com velcro, com tamanhos variados, que são bem mais baratas, mas ficam mais discretas quando colocadas no lado externo.

Até que achei a tal tela mosquiteira vendida por 4,80 reais/metro e já com a altura das minhas janelas (1,20m). Comprei aqui: https://www.elastobor.com.br/

Quis montar as minhas telas vedando apenas a parte que se abre da janela e não toda a sua extensão. Como as janelas são de correr, escolhi um dos lados pra fixá-la. Assim fica mais discreto e mais prático:

janela

Olha aqui de perto a veneziana tampadinha pela tela:

veneziana

A tela já vem com uma  espécie de ourela, então precisei fazer acabamento em apenas dois lados: preguei uma tira de tricoline branca, como se fosse a aplicação de um viés. Depois costurei o velcro fêmea na borda da tela e colei o velcro macho na parede. Utilizei cola quente e funcionou muito bem:

velcro

Repare que um dos lados aonde a tela foi fixada é o próprio vidro. Nessa superfície usei fita adesiva dupla face em vez de cola quente para colar o velcro macho.

Resultado:

  • Posso manter a casa bem ventilada e com relativa segurança de que meus gatos não vão sair voando pela janela. Ainda que a barreira seja frágil, ela é bem visível para eles, já suficiente para desencorajá-los a pular. É óbvio que se eles se interessarem demais pela vista lá fora, vou ter que supervisionar.
  • Dá pra dormir com pelo menos as janelas dos quartos abertas (totalmente ou parcialmente), com uma quantidade consideravelmente menor de pernilongos entrando em casa e probabilidade mínima de entrada de baratas, besouros, cigarras, abelhas, etc.

Por dias mais frescos e noites bem dormidas!

Panos de prato: do zero

Se tem uma coisa que me irrita é pano de prato que desfia na primeira lavagem por causa das bainhas mal feitas. E tem muito pano de prato caro que dá esse defeito, viu? Mas tem um jeito de resolver esse problema, te conto aqui!

Comprei no metro tecidos de sacaria coloridos pra confeccionar alguns para minha casa. Lá na Decolores (Rua São Paulo, quarteirão do Shopping Cidade) tem uns bonitinhos a 7 reais e pouco o metro. Cortei no tamanho desejado e passei as 2 bordas laterais e a superior na overlock:

overlock

Com as bordas já chuleadas, fiz duas dobras e alfinetei:

bainha1

Costurei as bainhas na máquina reta, primeiro as laterais e por último a superior, já aproveitando para inserir uma alça. Na borda inferior, a ideia era fazer barrados com a técnica rocambole. Peguei alguns retalhos de tricoline bem bonitos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ficaram assim:

todospano2

E depois de lavados, continuaram com a bainha intacta:

bainha2

Agora faz as contas comigo: com 2 metros fiz 6 panos de prato, pagando apenas 14 reais. Não tive nenhum custo com os barrados pois já tinha os retalhos em casa. Ou seja, paguei menos de 3 reais por cada pano de prato confeccionado e com uma qualidade muito superior aos que já compramos prontos. É ou não é muita economia? Costurar é bom demais gente!

Tulipas

Logo que aprendi a fazer tulipas, fiz essas florzinhas com tudo que era retalho que achei pela frente. Montei um arranjo num cachepô de tecido e durante muito tempo ele decorou minha sala.

Untitled-1

O difícil é limpá-las, principalmente remover os pêlos de gato que acumularam junto com a poeira. Por isso, de malas prontas para um novo endereço, joguei tudo fora. Tão barato, tão fácil e prazeroso de refazer, não havia porque mantê-las.

As novas ficaram assim:

IMG_4069

 

Por encomenda, fiz tulipas para decorar quarto de bebê. Escolhi pérolas menores e estampas ao gosto da mãe, com tons de rosa e verde.

IMG_4098

O buquê ficou essa delicadeza:

z

O verdinho do cabo é simples de fazer se você tiver uma pistola de cola quente. Basta pregar no espeto de churrasco a fita floral.  Conhece? É isso aqui:

fita-floral-70000-1371

Rende que é uma maravilha! Comprei na Loja Bibelô (Galeria do Ouvidor) por 3 reais e pouco. Lá também dá para encontrar a fibra de silicone/plumante para o enchimento e as pérolas. Fica a dica para as belo-horizontinas!

 

 

 

Patchwork: Capa de Almofada 2

Pra quem passou tanto tempo longe da costura, voltei com um projeto ambicioso: resolvi fazer uma almofada do zero. Usei um cretone bem baratinho para o corpo e enchi de espuma:

cretone

Depois escolhi 3 estampas para compor um bloco de patchwork. E corta quadrado, corta triângulo, costura um a um… Díficil fazer as quinas se encaixarem perfeitamente, viu?

detalhe almofada

Mas nem ligo, de longe ninguém vê os errinhos e o resultado fica lindo do mesmo jeito:

almofada

Para a sala, peguei uma sarja que estava guardada há um tempão. Renovei as capas de almofadas menores e fiz a barra larga para dar um toque especial.

capa almofada sala2

A estampa tem um efeito 3D impressionante.

capa almofada sala

Não parece que vai sair da tela?

 

Panos de Prato: ponto cruz

Voltei! Os últimos meses foram bastante atribulados e a costura acabou ficando de lado.

O ponto cruz nem tanto… Tenho 3 novos panos de prato bordados, com motivos lindos: sushis, jogo de chá e pavões com cerquinha e tudo!

Untitled design

Observe os detalhes:

 

prato

 

pavao1

Só falta criar coragem pra usar…