Desvendando a Ultralock Singer: Parte 1

A Ultralock Singer faz pontos maravilhosos, mas é cheia de minúcias. Qualquer errinho atrapalha todo o andamento da costura, então é importante ler e reler o manual de instruções várias vezes. Tenha a certeza de que na décima leitura você ainda vai descobrir coisas novas!

Apesar de ele resolver a maior parte dos problemas, confesso que acho difícil assimilar tantas informações e conseguir interpretar todas aquelas ilustrações e fotos em preto e branco. Como há pouca informação sobre essa máquina na Internet, vou fazer uma série de posts dando dicas e relatando alguns contratempos que já tive durante o seu uso.

A primeira coisa importante é reconhecer os componentes dessa máquina:

  • DISCOS TENSORES

Ao passar por eles, as linhas são tensionadas em diferentes combinações que proporcionam a variedade de pontos.

discos

Para isso, a linha deve passar exatamente no meio do disco. Parece óbvio, mas não é. Quer ver?

linhaerrada

Viu como a linha passou pelo disco, mas está saindo lateralmente? Já reparei que quando isso acontece, o melhor ajuste de tensão que você tenha alcançado não vai funcionar mais.

Por isso, sempre verifique se a linha entrou e saiu exatamente pelo meio do disco, assim:

linha certa

  • SELETOR R/S

Esse seletor fica um pouco escondido, está ali do lado da faca fixa.

R

Observe que há duas posições para onde o seletor se move: S e R. Na posição R, a borda do tecido enrola sobre si mesma e produz a bainha enrolada. Todos os outros pontos são feitos na posição S.

Me corrijam se eu estiver errada, mas desconfio que esse R venha do inglês rolled hem, que significa bainha enrolada e o S de straight hem que seria algo como bainha comum.

Olhando de cima, dá para ver como fica o alinhamento do seletor com as ranhuras da chapa:

R (1)

  • SELETOR DE COMPRIMENTO

É o que vai definir se os pontos ficarão mais próximos ou mais afastados.

comprimento

Para tecidos médios a pesados (exemplo: algodão, denim, moletom) prefiro o comprimento em 3. Para tecidos mais leves, como chita, viscose e chiffon, gosto do comprimento em 2.

Dica-

  • SELETOR DE AVANÇO DIFERENCIAL

Habitualmente, deve ser mantido em 1,0. Para tecidos com elasticidade você tem duas opções. Se quiser produzir um chuleado com as bordas esticadas, formando um babado, aumente este valor (1,0 a 2,0). Se ao contrário, quiser franzir, reduza este valor (1,0 a 0,7).

avanço diferencial

Enquanto eu fazia meus puxa-sacos, o andamento da costura começou a travar. O motor fazia um barulhão de arranque mas a agulha descia com muita dificuldade, mesmo movendo manualmente o volante. Depois de algum tempo descobri que o seletor de avanço diferencial estava perto de 2,0. Provavelmente esbarrei nele e não percebi que ele saiu da posição 1,0. Imagino que a costura ficou difícil porque o tecido empregado (tricoline 100% algodão) não tinha nenhuma elasticidade para poder ser trabalhado com o avanço diferencial.

  • FACA MÓVEL

A posição dela é bastante óbvia na máquina, mas como virá-la nem tanto. Para isso é necessário pressioná-la para o lado direito e girá-la para cima. Assim:

Untitled design

Untitled design (1)

Nas primeiras vezes que utilizar a máquina é bom movê-la para facilitar a passagem de linhas. Depois você acostuma e nem precisa.

  • SELETOR DE LARGURA

É um botão preto localizado abaixo do Seletor R/S:

Untitled design (2)

Conforme você gira, percebe-se a fenda da chapa abrindo ou fechando, o que altera a largura do ponto:

Configuração de fábrica

Por exemplo: na configuração de fábrica, usando duas agulhas, a largura do chuleado é de 5,7mm. Girando o seletor, a largura oscila entre 5,2 e 6,7mm. Como a variação obtida é sutil, prefiro utilizar o método da troca de posição das agulhas para definir a largura do ponto.

  • AGULHAS

As agulhas dessa máquina são as n°2022. Elas são vendidas nos tamanhos 90/14 e 80/11 em cartelas com 10 unidades.

agulhas

Para trocá-las, basta utilizar a chave de fenda que vem com os acessórios da máquina e girar o parafuso da haste das agulhas. Note há um ligeiro desnível: a agulha esquerda fica mais pra cima do que a direita.

trocaagulha

No ponto cadeia, que utiliza 4 fios, as duas algulhas são usadas simultaneamente. Para os demais pontos, você vai trabalhar com apenas uma agulha e pode escolher a posição da esquerda ou da direita, obtendo-se assim um chuleado mais largo ou mais estreito.

No próximo post, falarei sobre passagem de linhas. Até lá!

Anúncios

12 comentários em “Desvendando a Ultralock Singer: Parte 1”

  1. Oieeeee!
    Comprei minha Ultralock Singer há pouco tempo e ainda não consegui “desvendá-la” totalmente… confesso que ainda estou apanhando um pouco na regulagem dos pontos.
    Achar seu blog foi a minha felicidade hj! Não vejo a hora de sentar na frente dela novamente e testar todas as suas dicas.
    Obrigada!!!!!!!!!!!!!! ❤

    1. Obrigada, Priscila! Gosto demais dessa máquina, pois é muito útil tanto na confecção de roupas quanto de peças para vestir a casa. Fico feliz que o post tenha sido útil e espero que se divirta com sua Singer também! Boas costuras!

  2. Você me salvou com os seus posts, muitissimo obrigada. Comprei a ultralock a mais de um ano e ela ficou encostada. Hoje depois de ler toda a sua matéria me aventurei a usa-la novamente. Mas tenho uma dúvida: como ela não tem acabamento de corrente, como você faz o acabamento, pois todas as minhas costuras estão abrindo. Será que você pode me ajudar?
    Obrigada.

    1. Fico feliz que os posts tenham sido úteis! Deixa eu ver se entendi: sua dúvida no acabamento é sobre como finalizar a costura pra que ela não abra? tipo o arremate com retrocesso que a gente utiliza na máquina reta? Se for isso, faço dessa forma: evito cortar o excesso de linha rente ao tecido, deixo sobrar um pouquinho para dar um nó e a costura não abrir. Se você tiver utilizado a overlock na união de laterais de uma blusa por exemplo, ao finalizar com a bainha das cavas/mangas e da barra, você automaticamente já arremata a costura lateral. Já para costuras tubulares, basta tomar o cuidado de deixar o final da costura se sobrepor a um pequeno trecho do seu início e dar um nó no excesso de linha. Te ajudei? Depois me conte se deu certo! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s